xml !

quinta-feira, abril 26, 2007

MORTE DE JORNALISTAS

"2006, o ano que mais jornalistas matou
Amigos, amigas, colegas:
Esta é a novidade: em seu relatório anual, publicado em Viena, o Instituto Internacional de Imprensa (IPI) divulgou que 100 jornalistas foram mortos em 2006, no mundo. Em nenhum outro ano tantos jornalistas haviam sido mortos. O ano precedente mais mortífero para a profissão foi 1999, quando 86 mortes ocorreram por acções violentas. "

Esta é uma chamada de atenção de Manuel Chaparro.