xml !

quinta-feira, junho 15, 2006

OS JOVENS E A INTERNET

Participei em Bruxelas na Mediappro. Aí foram apresentados os resultados de uma investigação feita em vários países europeus, na sequência de uma outra, que havia coordenado em Portugal. Um dos dados que confirma a anterior é o de a escola não ter apropriado a internet : os jovens utilzam de prefência a internet em casa (salvo no Reino Unido, país em que a escola se ocupa desta tecnologia). A grande diferença, para mim resulta nos blogues: 18% dos jovens inquiridos dizem ter criado um blogue. Na Bélgica essa percentagem eleva-se a 38% dos jovens inquiridos.

No final, Sonia Livingstone fez uma síntese interpretativa das conclusões da investigação. Foi a primeira vez que a ouvi e o mínimo que posso dizer é que fiquei fã. Uma investigadora que é precsio trazer a Portugal é a minha conclusão. Sonia Livinstone já cá esteve numa iniciativa da agencia europeia de investigação. Nessa alutura organizei com o CIMJ um Falar De telvisão em que participaram a maior parte dos investigadores presentes.

A síntese de Sonia Livingstone incidiu sobre as oportunidades e riscos que os resultados da investigação abrem. Eis um excerto: