xml !

sábado, maio 27, 2006

NA NOVELA E NA VIDA

O Correio da Manhã publica hoje uma entrevista com Sara Barradas, actriz na novela Fala-me de amor. Há a pessoa e o personagem. Será que os portugueses ganham mais em ter nos ecrãs as Saras ou as Ritas? Ou será que não poderiam aparecer os vários tipos de pessoas em vez de pôr, em voga, os grupos de risco? Não sairá daí uma imagem distorcida da juventude em Portugal?

"Na novela ‘Fala-me de Amor’, mente, rouba, droga-se. Na vida real, Sara Barradas tem apenas 15 anos e estuda e trabalha com afinco. Não quer fazer mais nada na vida senão representar, mesmo que isso a obrigue a interpretar personagens com comportamentos de risco, tão em voga na ficção portuguesa."

(...) "E como é a Sara, actriz?

- É muito diferente da Rita. Enquanto ela não se importa com a escola, eu preocupo-me com os estudos e as notas, porque sei que sem a escola não chego a lado nenhum. Preciso dos estudos para tudo, até para ser actriz. E tenho uma óptima relação com os meus pais, que são os meus melhores amigos. "