xml !

quinta-feira, novembro 03, 2005

CÁ DENTRO Rádio

AS VOZES DA RÁDIOOuço sempre com prazer o Adelino Gomes. Ontem falou sobre a rádio a partir do livro de Rogério Santos, As Vozes da Rádio, na Fnac Chiado. O Adelino contou alguns detalhes deliciosos como aquele intróito que se ouvia na Rádio Renascença, no pós 25 de abril (uma rádio dos camponeses e da classe operária), enquanto os locutores-redactores do Rádio Clube Português continuavam a vangloriar as qualidades de uma cerveja. Ou o slogan da Rádio Graça, anterior ao 25 de Abril, que divertia os ricos e remediados e auxiliava os pobres. Ou mesmo esse tal estatuto de locutores redactores que eram admitidos a partir de provas de voz, de leitura. E Adelino Gomes deixou no ar dois campos para continuar a trabalhar e a publicar no que se relaciona com a rádio: a voz e o jornalismo.

Rogério Santos considerou este ano um ano "vintage" para a rádio pelos 3 livros publicados: além do dele, "A Rádio em Portugal e o Declínio de Salazar e Caetano 1958-74", da autoria de Dina Cristo e o de Nelson Ribeiro, A Emissora Nacional nos primeiros anos do Estado Novo, 1933-1945.